São Paulo, 27 de junho de 2022

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

21/05/2022

Schunk destaca soluções para células robotizadas na Feimec

(22/05/2022) – Na Feimec, a especialista em sistemas de garras e tecnologia de fixação Schunk Intec Brasil apostou em soluções focadas na ergonomia e facilidade para os operadores. A empresa deu destaque para suas linhas voltadas para a remoção de materiais com robô e, também, de garras magnéticas (leia matéria publicada anteriormente aqui).

De acordo com Mairon Anthero, diretor geral da Schunk Brasil, o nicho de remoção de material tende a ser o segundo maior mercado para aplicação de robótica no mundo, atrás somente dos robôs de solda. “Então viemos muito forte com lixadeiras orbitais, limas rotativas, rasquetes etc. São equipamentos que evitam atividades repetitivas do operador, as quais causam muitos acidentes de trabalho e lesões por esforço repetitivo”, explica.

O fornecimento de componentes para células robotizadas, assim como para máquinas-ferramenta, vem em crescimento exponencial, segundo Anthero. “A área de automação, de forma geral, foi a que mais cresceu desde o início da pandemia”, afirma o diretor.

Aliás, para a Schunk, a pandemia – apesar de todas as suas adversidades – abriu muitas portas. Em 2020, mesmo com os três primeiros meses do ano bruscamente afetados pelos impactos da pandemia, a empresa cresceu 13%. Já no ano passado, o crescimento foi de 68% em relação ao ano anterior. Neste ano, a expectativa é crescer 25%.

“Para nós, a pandemia trouxe diversas oportunidades. O mercado demanda muito de novas tecnologias, principalmente na automação de processos, em melhorias no set up e nos métodos produtivos. Tudo isso é muito ligado a Schunk. Então, com a pandemia, os empresários passaram a refletir sobre como manteriam a linha de produção em operação sem estar presencialmente na fábrica. Percebemos uma ascensão na demanda por melhorias de processos, para manter equipamentos rodando por mais tempo sem interferência humana”, detalha Anthero, que estava muito empolgado com a feira, o volume de visitantes e, também, a quantidade de negócios fechados já nos primeiros dias de evento.

Em breve a empresa deve realizar o open house de sua nova filial, em Joinville (SC), anunciada no segundo semestre do ano passado. A filial está localizada em um ponto estratégico para a empresa, já que a região Sul representa 50% do faturamento da Schunk no Brasil.

Saiba mais sobre a nova filial em https://www.usinagem-brasil.com.br/16679-schunk-abre-filial-em-joinville-para-atender-regiao-sul/.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.