São Paulo, 23 de julho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

15/06/2024

Rochel Dispositivos projeta novo crescimento em 2024

(16/06/2024) – Perto de completar 30 anos no mercado de projeto e fabricação de dispositivos de fixação, a Rochel Dispositivos e Máquinas, de Sorocaba (SP), tem a expectativa de crescer 20% em 2024 sobre o resultado do ano passado. Com isso, empresa irá ampliar seu faturamento em mais de 40% em apenas dois anos.

“Estamos confiantes que vamos obter este crescimento em 2024 com base nos contratos que já temos em nossa carteira de pedidos, em sua maioria projetos que já vinham sendo estudados e negociados há bastante tempo”, informa Bruno Ibrahim Silva, diretor comercial da Rochel.

“Boa parte desses novos projetos de dispositivos de fixação são de empresas do setor de máquinas pesadas, rodoviárias e de construção, e de caminhões”, acrescenta.

Segundo o diretor, o bom desempenho obtido pela empresa nos últimos anos é resultado de um processo de reestruturação da área comercial e da expansão da área fabril, implementado no início desta década. “O novo time e a nova estrutura comercial, incluindo a expansão da rede de distribuidores para as regiões Sul e Norte, nos possibilitou uma melhora no faturamento”, explica.

Fabricação Própria – Ibrahim conta que a Rochel iniciou suas atividades em 1996, em Sorocaba (SP), como um escritório de projetos de dispositivos de fixação. Passados alguns anos, em 2002, a diretoria resolveu ampliar o escopo, dando início à fabricação própria, com a aquisição de máquinas e equipamentos. “Hoje, 100% de nossos produtos são usinados aqui”.

Mais recentemente a empresa expandiu a área fabril em 30%, com a aquisição de um novo galpão. Também foi adquirida uma mandriladora de grande porte para a aumentar a capacidade de produção no que se refere ao tamanho dos dispositivos. Hoje, a empresa produz dispositivos de até 1600 x 1600 mm.

De acordo com o diretor, a especialidade da Rochel são os dispositivos de fixação estacionários para centros de usinagem. “Nosso diferencial está na qualidade dos nossos produtos, devido ao nosso know-how. Já produzimos mais de 3 mil projetos e temos uma equipe de engenharia formada por profissionais com mais de 20 anos de experiência, com conhecimento e experiência em inúmeras soluções”.

Case – Como exemplo, cita um case realizado para um cliente do Rio Grande do Sul, que atua no setor de defesa. “Projetamos um dispositivo para um centro de usinagem de cinco eixos, que exigia 36 usinagens diferentes e que exigiu cerca de 500 horas de desenvolvimento. O cliente ficou satisfeito com o resultado: tinha encomendado quatro dispositivos e, após a entrada em operação, encomendou outros quatro”, afirma.

“O ano de 2024 está muito bom para a Rochel. Os clientes estão investindo não só em processos para produtos novos, como na melhoria de processos de produtos correntes, com retooling de dispositivos de fixação”, comenta. “Com isso, acredito que vamos atingir nossa meta de crescimento para este ano, de 20%”.

Ibrahim está confiante também nos contatos realizados durante a Feimec, da qual participou indiretamente no estande de parceiros como a Bener, onde apresentou um dispositivo de fixação de componentes de alumínio, e da Lang Technik, onde demonstrou um dispositivo de troca rápida.  “Fizemos bons contatos com novos clientes e a expectativa de fechamento de novos contratos é positiva”.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.