São Paulo, 17 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

01/06/2024

Schunk tem o melhor início de ano de sua história no Brasil

(02/06/2024) – A Schunk Intec do Brasil, filial brasileira da alemã fabricante de sistemas de fixação e garras robóticas, registrou um aumento no volume de negócios neste início de ano. “Foi o melhor quadrimestre de nossa história no Brasil”, afirma Mairon Anthero, diretor-geral da Schunk no Brasil.

Em sua avaliação, o ano de 2024 começou muito promissor, com grandes projetos e a recuperação de alguns setores, anteriormente bastante afetados pela pandemia, além de muitas notícias sobre investimentos industriais e maior demanda na área de automação.

De acordo com Anthero, o que está impulsionando os negócios é basicamente a necessidade de melhoria de produtividade nas indústrias, redução no tempo de preparação da peça e maior qualidade do produto final.

O diretor manifesta certo receio com a economia mundial e seus reflexos na economia brasileira. Além disso, ainda é incerto o impacto na cadeia produtiva após os eventos recentes no Rio Grande do Sul.

Diante desse quadro, a Schunk tem a expectativa de crescer em torno de 10% em 2024. “Para nós seria um resultado bastante positivo, na medida em que dobramos de tamanho no Brasil entre 2020 e 2023”, afirma.

Hermes Award – Para alcançar as metas, a Schunk conta com várias novidades em produtos, muitos deles apresentados na Feimec 2024. É o caso do 2D Grasping Kit, que recebeu o Hermes Award, na Hannover Messe 2024. Trata-se de um kit de automação para a manipulação de peças não classificadas, apoiado por Inteligência Artificial.

Na feira, a empresa também apresentou o GFD, sistema de troca rápida de morsas, manual e flexível voltado para ferramentarias e usinagem em geral. O PPD, dispositivo de posicionamento eletrônico para garras pneumáticas; o Sistema de Troca Manual CMS, sistema de troca rápida extremamente fácil de usar em robôs; entre outros.

“Ficamos muito satisfeitos com a movimentação na Feimec, com a realização de leads acima do esperado e muitas visitantes com poder de decisão”, comenta Anthero. “Inclusive fechamos alguns negócios durante a feira, o que não é comum no caso da Schunk”.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.