São Paulo, 24 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

01/06/2024

Máquinas e equipamentos: setor reduz projeções para 2024

(02/06/2024) – A Abimaq revisou para baixo as projeções de desempenho do setor de máquinas e equipamentos em 2024. A previsão anterior de crescimento de 3,5% nas receitas, feitas no final do ano passado, deu lugar a uma queda de 7%.

O que provocou a revisão foram os resultados negativos apurados nos quatro primeiros meses do ano. O primeiro quadrimestre fechou com queda de 21,2% nas receitas totais. Os resultados do mês de abril, para o qual a expectativa era de apresentar alguma recuperação, vieram bem abaixo do esperado, com queda de 9,6% sobre o mês anterior. Na comparação com abril de 2023 a retração é de 20,1%.

A recuperação nas exportações, com vendas de US$ 1,19 bilhão em abril, o que representou alta de18,1% sobre o mês anterior e de 22,7% sobre abril de 2023, não foi o suficiente para superar a forte queda no mercado doméstico. A receita líquida interna caiu 19,8% em relação ao mês anterior e expressivos 31,7% sobre o mesmo mês do ano passado.

Segundo a Abimaq, “os resultados até o mês de abril indicam melhora gradual na receita liquida de máquinas e equipamentos em 4 da 6 atividades monitoradas, mas ainda insuficiente para anular a queda observada no ano. No período, houve crescimento apenas nas receitas de vendas de componentes (bombas, compressores etc.)”.

Também as importações apresentaram queda em abril de 2024, de 1,2% na comparação março de 2024, mas com crescimento em relação a abril de 2023, de 18,8%. De janeiro a abril, as importações registram alta de 9,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em abril, as importações somaram US$ 2,4 bilhões.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.