São Paulo, 16 de abril de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

30/03/2024

Mahle instala Centro Global de Biomobilidade em Jundiaí

(31/03/2024) – A Mahle decidiu estabelecer no Brasil o seu Centro Global de Biomobilidade. Inaugurado em Jundiaí (SP), no dia 25 de março, o centro vai apoiar o desenvolvimento e a implementação global de motores de combustão sustentáveis com biocombustíveis renováveis e biomateriais.

A empresa lembra que, recentemente, os principais membros do G20, incluindo o Brasil, Argentina, os Estados Unidos, a Índia e países europeus como a Itália, estabeleceram uma Aliança Global de Biocombustíveis para acelerar a descarbonização do setor de transportes.

A iniciativa da Aliança Global visa uma utilização mais ampla de biocombustíveis, como o etanol ou o biodiesel, além de uma mistura maior em combustíveis fósseis.

A empresa informa ainda que está pesquisando o uso de biocombustíveis juntamente com veículos elétricos e combustível à base de hidrogênio para uma descarbonização mais rápida. “Se quisermos impedir o aumento da concentração de CO2 na atmosfera, precisaremos de soluções para todos os mercados e aplicações”, afirma o CEO do Grupo Mahle, Arnd Franz. “Biocombustíveis como o etanol têm um histórico de introdução bem-sucedida no mercado. Para uma mobilidade neutra para o clima, precisamos de contribuições drasticamente maiores dos biocombustíveis”.

De acordo com a Mahle, os especialistas do novo Centro Global de Biomobilidade, em colaboração com os centros tecnológicos em Farmington Hills (Estados Unidos) e Pune (Índia), reunirão o conhecimento de engenharia na aplicação de mais de duas décadas de desenvolvimento em motores a etanol e biodiesel.

“O etanol e outros biocombustíveis provaram sua eficiência, praticidade e competitividade. Com maior uso de biocombustíveis, podemos avançar mais rapidamente em direção a uma sociedade livre de emissões, especialmente em mercados com agronegócio forte”, diz o diretor do Centro Tecnológico da Mahle no Brasil e responsável pelo novo Centro Global de Biomobilidade, Everton Lopes.

Segundo a empresa, o Centro Tecnológico Mahle em Jundiaí é um dos maiores centros de desenvolvimento de motores da América do Sul, com recursos dedicados ao desenvolvimento de motores de combustão interna, o que inclui testes com combustíveis sustentáveis. A digitalização também faz parte deste centro tecnológico, utilizando simulação numérica para tornar o motor mais eficiente e verde para o futuro.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.