São Paulo, 22 de abril de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

23/03/2024

BYD decide aumentar investimento no Brasil para R$ 5,5 bilhões

(24/03/2024) – A montadora chinesa BYD anunciou na última segunda-feira, 18, que irá aumentar o investimento no Brasil dos R$ 3 bilhões confirmados inicialmente para R$ 5,5 bilhões, ou 83% a mais.

O anúncio foi feito durante visita do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, ao complexo fabril da BYD em Camaçari, na Grande Salvador, onde ele foi recebido pela CEO Américas e vice-presidente executiva global da companhia, Stella Li, e pelo presidente da BYD no Brasil, Tyler Li.

Stella Li enfatizou que os R$ 5,5 bilhões serão investidos em um curto espaço de tempo, pois o objetivo da BYD é de acelerar as obras para logo ter os primeiros carros produzidos na Bahia.

“Nos últimos 30 anos, pouco foi investido no setor automotivo no Brasil”, disse a executiva. “Mas a chegada da BYD mexeu com o mercado. Agora várias outras montadoras estão anunciando investimentos, mas, ao contrário de nós, quase sempre a longo prazo”.

Os diretores da BYD também anunciaram a construção de 5 prédios residenciais, que serão destinados aos funcionários da fábrica. Os empreendimentos ficarão a 3,5 km de distância do complexo, em uma área de aproximadamente 81 mil m² e terão capacidade de abrigar cerca de 4.200 pessoas.

A intenção da BYD é de começar a montar os veículos no complexo até o fim de 2024. A produção completa dos carros na Bahia deve começar entre 2024 e 2025. A fábrica terá capacidade instalada de 150 mil veículos por ano na primeira fase de implantação, podendo chegar a 300 mil veículos numa segunda etapa.

O complexo da empresa em Camaçari possui uma área total de 4,6 milhões de m², que foram comprados do governo da Bahia por R$ 287,8 milhões. A área era antes ocupada por uma fábrica da Ford.

Na primeira fase de obras, serão 26 novas instalações entre galpões de produção, pista de testes e outras estruturas, que vão ocupar uma área de cerca de 1 milhão de metros quadrados.

O projeto da BYD deve gerar perto de 10 mil empregos. Para o governo baiano, outro benefício, além do aumento do emprego e renda no estado, é a possibilidade bastante real de Camaçari voltar a ser um importante polo industrial automotivo, atraindo novamente investimentos de diversos setores.

 

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.