São Paulo, 17 de abril de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

17/02/2024

Fábrica da floresta: automação robotizada em plena Amazônia

(18/02/2024) – A 100% Amazonia, empresa que transforma recursos naturais em bioingredientes para o uso como matéria prima em diversos setores da indústria, como cosmético, alimentos e bebidas, inaugurou recentemente uma unidade de produção tecnologicamente avançada em plena floresta amazônica.

Para tanto, a empresa contou com o suporte da Kuka. O projeto conta com dois robôs, o KR 6 Agilus e o KR 180 PA. “Essa automação robotizada será fundamental para a produção eficiente de polpas congeladas de açaí e outras frutas, conforme a sazonalidade, otimizando a cadeia de produção, especialmente nos processos de envase, paletização e encaixotamento”, informa a 100% Amazonia.

A iniciativa, conhecida como “fábrica da floresta”, é a primeira fábrica de processamento de frutas com sistemas robotizados na região norte do Brasil. Um dos objetivos da empresa é mostrar que é viável fazer negócios na Amazônia, conservando a floresta e proporcionando crescimento econômico e oportunidades para as comunidades locais.

De acordo com Giovani Alves, diretor industrial da 100% Amazonia, a adoção dos preceitos iniciais da Indústria 4.0 pela empresa tem como objetivo garantir a padronização da qualidade dos produtos e evitar desperdícios ao longo do processo de produção. Em sua avaliação, “essa melhoria será possível graças à utilização dos robôs”.

O CEO da Kuka, Alberto Bordonaba, observa que o projeto da 100% Amazonia ilustra como a automação pode resultar, não apenas em um aumento notável da produtividade e na redução de despesas para as empresas, mas também pode contribuir para o crescimento econômico e social de uma região que está gradualmente adotando a industrialização, como é o caso da Amazônia.

O objetivo dessa iniciativa é promover a colaboração entre máquinas e seres humanos, respeitando a sazonalidade da floresta. As máquinas assumem as tarefas repetitivas e aumentam a produção para garantir a obtenção do maior número possível de polpas de frutas durante a época de colheita. Enquanto isso, os trabalhadores continuam desempenhando seu papel na floresta, identificando as melhores colheitas e cuidando do plantio das frutas.

Fábrica da Floresta – A fábrica está localizada próxima ao município de Abaetetuba, no Pará, e tem um forte compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A 100% Amazonia pretende gerar 60% de sua energia por meio de painéis solares e aproveitar a energia geotérmica dissipada no solo das câmaras frias para refrigerar outros ambientes da fábrica (ODS 7).

Além disso, reutiliza água no processo de produção, o que resulta em uma economia diária de 100 mil litros, e utiliza a biomassa do caroço do açaí na caldeira para a geração de vapor (ODS 12). A fábrica também possui uma estação de tratamento de efluentes para garantir uma gestão adequada dos resíduos líquidos (ODS 6).

Para os parceiros, a “Fábrica da Floresta” é um marco para a região, pois está promovendo o desenvolvimento econômico sustentável e valorizando os recursos naturais da Amazônia. “Por meio da aliança entre inovação e saberes ancestrais, a 100% Amazonia busca criar uma nova lógica de investimento na floresta, demonstrando que é possível gerar riqueza e preservar a indústria sem comprometer a conservação ambiental e as comunidades locais”, informam as empresas em nota à imprensa.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.