São Paulo, 27 de fevereiro de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

10/02/2024

Komatsu anuncia nova unidade em Minas Gerais

(11/02/2024) – A Komatsu vai expandir suas operações no Brasil. A fabricante de maquinário pesado para os setores de construção, florestal e mineração irá investir R$ 120 milhões em uma nova unidade em Contagem, Minas Gerais.

No final de janeiro, a empresa lançou a pedra fundamental da nova planta industrial na região da Ressaca, em Contagem. O evento contou com a presença da prefeita do município, Marília Campos, do presidente e CEO da Komatsu Brasil International, Guilherme Santos; do vice-presidente, Kota Isoda; do vice-presidente da divisão de mineração, Ricardo Alexandre Vieira.

A nova instalação atenderá a estratégia do grupo no atendimento aos mercados de mineração a céu aberto e subterrânea, com a ampliação da oferta de produtos e serviços para este segmento. Concluído, o novo prédio vai unificar as unidades de reforma de componentes e almoxarifados, que atualmente estão em Lagoa Santa e Belo Horizonte. Ao todo, serão mais de 50 mil m² de área edificada, que contará com centro de reparo, almoxarifado e escritórios. A previsão de duração das obras é 14 meses.

Segundo Guilherme Santos, presidente e CEO da Komatsu Brasil, “a partir desta nova sede vamos reduzir consideravelmente nossa necessidade de importação de componentes. Poucas instalações são tão modernas como esta”.

Centro Tecnológico – As instalações vão contar também um centro tecnológico, que abrigará duas das operações tecnológicas mais modernas da marca. A primeira é a de Sistemas Autônomos, também chamado de AHS (Autonomous Haulage System), voltada para os caminhões que operam sem tripulação nas minas e em outras frentes do trabalho de mineração. “Hoje no Brasil já existem 30 caminhões que trabalham assim. A expectativa é chegar em 100 caminhões desse modelo nos próximos quatro anos”, destacou o diretor de EHS & Facilities, Fernando Coradi.

Ainda dentro dos sistemas autônomos da Komatsu, a nova sede também vai desenvolver o atendimento aos “carros telerremotos”, em que o motorista conduz o veículo a partir de uma cabine, à distância, usado para o deslocamento de materiais dentro de minas, como minério e outros materiais in natura ou já manufaturados.

A segunda operação que acontecerá em Contagem é a do sistema Komtrax, que monitora tudo que acontece em 100% das máquinas da Komatsu. “Estejam elas aqui em Minas Gerais ou no Pará, nós recebemos automaticamente informações do maquinário, eletronicamente, e fazemos o seu diagnóstico. Por exemplo: se em uma determinada máquina um dos seus componentes estiverem próximos de se romper, essa informação chega à nossa central e conseguimos contactar esse cliente para que ele programe a parada do maquinário e, nós, a equipe de manutenção. Tudo on-line”.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.