São Paulo, 20 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

03/02/2024

Empresários industriais começam 2024 com mais otimismo

(04/02/2024) – A última Sondagem Industrial, pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que os empresários industriais brasileiros começaram 2024 mais otimistas, devido à menor dificuldade de acesso ao crédito e à redução nos estoques indesejados. A percepção sobre a situação financeira como um todo também é positiva.

Outra razão é que, ao contrário do que geralmente acontece no último mês do ano para a indústria, marcado geralmente pela redução na produção e no contingente de trabalhadores empregados no setor, a desaceleração em dezembro de 2023 aconteceu de forma mais branda.

O índice de evolução da produção industrial atingiu 42,2 pontos em dezembro de 2023. Abaixo da linha dos 50 pontos, o indicador representa uma redução no nível de produção em relação ao registrado em novembro de 2023. Apesar disso, o indicador está 0,4 pontos acima da média dos meses de dezembro da série histórica, de 41,8 pontos.

Já o indicador de evolução do número de empregados na indústria atingiu 47,9 pontos em dezembro de 2023, mas também segue acima da média histórica, de 46,8 pontos.

Depois de 18 meses, os estoques também voltaram para o nível planejado. O indicador de evolução do nível de estoques atingiu 47,9 pontos em dezembro de 2023, o menor valor atingido pela série desde dezembro de 2020, e mostra que a queda dos estoques foi significativa e disseminada entre as empresas.

O índice de satisfação com a situação financeira atingiu 51,1 pontos no último trimestre de 2023, após avançar 0,8 ponto em relação ao terceiro trimestre do ano. Embora próximo da linha divisória, o indicador se manteve em campo positivo ao longo da maior parte de 2023, com a exceção do primeiro trimestre do ano.

Diante da melhora do mercado, os empresários industriais de modo geral também apontaram intenções de investimento em janeiro. O indicador de expectativa de demanda avançou 3,6 pontos em janeiro de 2024 frente ao resultado de dezembro de 2023 e marcou 55,6 pontos.

Enquanto isso, o índice de expectativa de compra de matérias-primas atingiu 54,4 pontos e o indicador de expectativa sobre quantidades exportadas avançou 2,9 pontos em relação ao resultado de dezembro de 2023, atingindo 53,8 pontos em janeiro de 2024.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.