São Paulo, 21 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

27/01/2024

Embraer e Senai Cimatec vão cooperar em pesquisas industriais

(28/01/2024) – A Embraer assinou com o Senai Cimatec (Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia) memorando de entendimento que estabelece parceria com a instituição no desenvolvimento de pesquisas conjuntas na área industrial. O acordo foi firmado durante a cerimônia que formalizou a criação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia, no último dia 18.

De acordo com o memorando, as partes deverão desenvolver uma série de discussões e atividades focadas em análises técnicas e operacionais, com o objetivo de identificar potenciais oportunidades de cooperação no futuro, incluindo eventuais inovações tecnológicas.

A intenção da parceria é de também consolidar o Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia como um polo estratégico para o avanço do ecossistema aeroespacial no Brasil, além de servir como um polo de atração para empresas nacionais e de outros países.

“Estabelecer acordos de cooperação para pesquisa e desenvolvimento com instituições de excelência técnica é fundamental para o avanço da indústria aeroespacial”, afirmou Bosco da Costa Junior, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, segundo quem a criação do parque tecnológico é um “momento histórico” para o desenvolvimento do setor aeroespacial na Bahia e no Brasil.

O Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia será instalado na Base Aérea de Salvador, em área cedida pela União ao Senai Cimatec, que ficará responsável pela gestão do novo centro.

O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de soluções em ciência, educação, tecnologia e inovação para os quatro principais desafios do setor: aeronáutica, espaço, defesa e mobilidade aérea autônoma.  O centro terá como foco a pesquisa e a inovação no campo aeroespacial, além do desenvolvimento regional do setor.

“A criação do parque tecnológico é um passo significativo para impulsionar o desenvolvimento industrial da Região Nordeste, que tem toda a capacidade de colaborar com o avanço do Brasil no concorrido mercado global da indústria aeroespacial”, disse Leone Andrade, diretor-geral do Senai Cimatec. “E a nossa parceria com a Embraer, uma das empresas mais inovadoras do mundo, sem dúvida irá contribuir muito para que isto aconteça”.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.