São Paulo, 15 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

09/09/2023

Setor eólico deve dobrar a capacidade produtiva até 2029

(10/09/2023) – A energia eólica atingiu este ano mais de 26,8 GW de capacidade instalada no Brasil, o suficiente para abastecer 124 milhões de habitantes. Inserida no Sistema Interligado Nacional (SIN), este volume potencial será recorde em 2023 diante de 2022, que também superou o ano de 2021.

Entre 2012 e 2022, o setor eólico movimentou cerca de US$ 42 bilhões em investimentos públicos e privados e a expectativa é que o setor alcance a marca de 52,9 GW de capacidade instalada em 2029, o que mais do que dobraria a capacidade atual.

Respondendo atualmente por 14% de toda a geração injetada no SIN, a energia eólica conta hoje com mais de 940 parques eólicos em operação, distribuídos em 12 estados brasileiros.

Já quanto ao desempenho da geração, a safra dos ventos começou com recordes na geração eólica. Nos quatro primeiros dias de julho, a produção de energia eólica registrou índices inéditos, entre eles, o montante mais elevado na geração no SIN de 2023, com produção de 19,7 GW, representando 27,8% da demanda de carga nacional.

“A expectativa é de que nos meses de setembro e outubro novos patamares sejam alcançados, devido ao aumento da intensidade eólica em diferentes regiões do Brasil”, diz a presidente executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica e Novas Tecnologias (Abeeólica), Elbia Gannoum.

Na área de eólicas offshore, o Roteiro de Eólica Offshore, publicado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), aponta que o Brasil também tem grande potencial, com aproximadamente 700 GW em locais de até 50 m de profundidade. Porém, o documento ressalta a necessidade de maior segurança jurídica para o setor, por meio de regras para a cessão do uso do mar.

Entre os dias 12 e 14 deste mês, no pavilhão da São Paulo Expo, a Abeeólica, juntamente com o grupo Canal Energia e o Conselho Global de Energia Eólica (GWEC) promoverá a 14ª edição do Brazil Windpower, feira de negócios na qual serão ainda discutidos por representantes do setor as tendências, novidades tecnológicas, fontes de financiamento e os desafios para a expansão do mercado de energia limpa no Brasil e na América Latina.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.