São Paulo, 17 de julho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

12/08/2023

Heller já produz sistemas de automação na fábrica de Sorocaba

(13/08/2023) – A Heller Máquinas Operatrizes já está produzindo sistemas de automação na fábrica que mantém em Sorocaba (SP). O primeiro sistema de automatização de carga e descarga de pallets linear produzido no interior paulista foi apresentado (e vendido) na Expomafe, em maio deste ano.

De acordo com Ronald Bremberger, diretor Comercial da Heller Brasil, a produção local vem atender a crescente demanda por sistemas de automatização no mercado brasileiro, até porque eles permitem maior utilização dos recursos das máquinas. “Esse sistema possibilita uma utilização mais eficiente das nossas máquinas. Com ele, é possível integrar várias máquinas, produzir lotes pequenos e médios de uma ou mais peças. Além disso, diminui muito o tempo de set-up, aumenta a produtividade e pode ser conectado ao MRP da empresa e fazer o planejamento e controle da produção remotamente”.

O sistema – que tem tecnologia licenciada da Fastems, da Finlândia – oferece carregamento automático de pallets, dispositivo e peça a ser usinada; armazenamento de pallets até 15 lugares por contêiner; e transporte automático de pallets entre a estação de armazenamento, a estação de carga e descarga e a máquina, entre outros. “Com estes recursos, pode trabalhar autonomamente aos finais de semana, por exemplo”, informa o diretor.

Bremberger acrescenta que a Heller oferece outras soluções de automação para os clientes brasileiros, sejam soluções próprias ou em conjunto com vários parceiros, incluindo robôs de carregamento e descarregamento de peças e dispositivos até a combinação de sistemas de prateleiras e magazine de ferramentas adicional.

Dois Turnos – A fábrica brasileira está operando em dois turnos. Embora o mercado nacional no momento esteja retraído, devido às quedas verificadas principalmente nos setores automotivo, de caminhões e de máquinas agrícolas, as exportações mantêm o ritmo dos anos anteriores.

Segundo o diretor, a unidade de Sorocaba está totalmente integrada à fábrica da matriz. “Isto significa que estamos no mesmo estado-da-arte da fábrica da Alemanha e capacitados a produzir todos os modelos da linha de centros de usinagem horizontais de 4 e 5 eixos da Heller, desde as H2000, com cursos de 630 x 630 x 630 mm, até a H16000, com cursos de 2400 x 1600 x 1600 mm, ou no caso de 5 eixos os modelos HF 5500 e 3500, com 900 x 950 x 900 mm”.

Para exportação, a unidade brasileira produz basicamente componentes para a matriz, mas também máquinas quando a fábrica alemã está com a capacidade tomada. “Este ano, aliás, o mercado externo deve responder por 40% do faturamento da filial brasileira”, diz Bremberger.

Sobre os negócios no mercado nacional, o diretor avalia que, mesmo com o início da redução dos juros, as taxas ainda estão muito altas, o que inibe os investimentos. “Mas acreditamos que no próximo ano o ambiente de negócios no Brasil irá apresentar uma sensível melhora”, conclui.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.