São Paulo, 21 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

08/07/2023

Volkswagen planeja crescer 40% no Brasil até 2027

(09/07/2026) – Durante as comemorações dos 70 anos da Volkswagen no Brasil, Thomas Schäfer – CEO global da marca que esteve no País na semana passada, participando do evento – disse que a montadora alemã pretende obter ganhos significativos na América do Sul com uma grande ofensiva de produtos. No Brasil, a meta é crescer 40% até 2027.

Para tanto, 15 novos modelos de veículos elétricos e bicombustíveis serão lançados somente até 2025, inclusive os dois primeiros modelos 100% elétricos, o ID.4. e o ID.Buzz, a versão elétrica da Kombi, que estão previstos para chegar neste segundo semestre.

Ainda segundo o CEO, no total, o mercado automotivo sul-americano deve crescer 11% ao ano até 2030 – tornando-se um dos mercados que mais crescem no mundo. “Como um mercado automotivo em rápido crescimento, a América do Sul é de importância estratégica para a Volkswagen. Já melhoramos significativamente a lucratividade e continuaremos trabalhando na questão de custos”, disse.

De acordo com comunicado da montadora, parte dos recursos do plano de investimento de 1 bilhão de euros que está em curso (anunciado em 2021 para ser concretizado até 2026) serão destinados ao desenvolvimento de motores de combustão baseados em etanol e novos modelos de negócios.

Na avaliação da empresa, a eletrificação no Brasil (e na região) deve ocorrer num ritmo bem mais lento que na Europa. “Até que o mercado esteja totalmente eletrificado, a Volkswagen contará com acionamentos flex-fuel”, informa a empresa, acrescentando que os motores desenvolvidos na Europa serão adaptados e desenvolvidos no recém-inaugurado centro de desenvolvimento da Volkswagen do Brasil.

Carros por Assinatura – Parte do investimento será destinada ao programa de carros por assinatura (VW Sign&Drive), que já conta com mais de 3 mil adesões no País, feitas ao longo de 2022. A montadora acredita que esse segmento crescerá 150% em 2023. Os dois novos modelos, o ID.4 e o ID.Buzz serão oferecidos dentro deste programa.

O comunicado lembra ainda que a Volkswagen iniciou a produção no Brasil há 70 anos em São Paulo, a primeira fábrica da marca fora da Alemanha. “No início, 12 funcionários montavam peças importadas da Alemanha. Hoje, a Volkswagen é a maior fabricante de automóveis do Brasil, tendo produzido um total de 25 milhões de veículos em 70 anos, dos quais quatro milhões foram exportados”.

A empresa desenvolve e produz os modelos Polo, Virtus, Nivus, Taos e T-Cross, entre outros, em quatro fábricas no país, que são comercializados por uma rede de cerca de 500 concessionárias.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.