São Paulo, 21 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

29/04/2023

Por que a Seco Tools quer empregar mais engenheiras?

(30/04/2023) – O Programa de Talentos Femininos da Seco Tools está pouco a pouco incrementando a diversidade de gênero na área de engenharia, uma das que ainda são mais predominantemente dominadas pelos homens.

De acordo com Zoe Wood, gerente de RH da Seco Tools do Reino Unido, a participação crescente das mulheres nas áreas de engenharia da empresa deve-se em parte à digitalização.

De fato, grande parcela dos trabalhos de engenharia agora acontece on-line, por meio de softwares de projeto e fabricação auxiliados por computador.

Isto, devagar, está fazendo a engenharia deixar de ser vista como um trabalho sujo, pesado e mais adequado para os homens, e atraindo um número maior de mulheres para a profissão.

“Mas é evidente que as mudanças das atitudes sociais também vêm contribuindo para que mais mulheres vejam a engenharia como uma grande oportunidade de carreira”, afirma Wood.

A Seco Tools também atua institucionalmente para o empoderamento feminino na engenharia. A empresa é uma entusiasta signatária dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

O objetivo número 5 do programa procura alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, eliminando os preconceitos sexistas que ainda barram a ascensão delas nas mais diversas áreas.

Além disso, nos últimos anos, a Seco Tools inglesa vem trabalhando com escolas locais, incluindo uma escola só para meninas perto de sua sede localizada em Alcester.

“Por meio de nossas oportunidades de experiência profissional, os próprios professores começaram a enxergar a engenharia como uma opção interessante para as meninas”, explica a executiva.

Segundo Wood, os engenheiros da Seco Tools já se habituaram a ver meninas querendo participar de experiências de trabalho e convidando suas amigas e familiares a participarem também.

A gerente de RH diz que o mercado só tem a ganhar com a entrada em maior escala de mulheres na área de engenharia.

“Devemos encorajar cada vez mais mulheres a entrar no setor, porque precisamos de perspectivas mais diversificadas”, diz ela. “As mulheres muitas vezes têm uma forma diferente de analisar um problema e encontrar soluções”.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.