São Paulo, 20 de junho de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

08/04/2023

Conheça seis inovações premiadas na Feira de Hannover

 

(09/04/2023) – Na próxima semana, entre 17 e 21 de abril, acontece na Alemanha a Feira de Hannover, reconhecida como o maior evento de tecnologia industrial do mundo. Um dos destaques do evento são os produtos e soluções industriais inovadoras, dos quais os melhores e mais expressivos vêm recebendo um dos mais importantes prêmios do setor fabril em nível mundial: o Prêmio Hermes.

Criado em 2006 para dar reconhecimento e divulgação às principais inovações voltadas à indústria, o Prêmio Hermes avalia aspectos como grau de inovação tecnológica, benefícios para a indústria, meio ambiente e sociedade, relação custo-benefício e maturidade da implantação. O vencedor é selecionado por um júri multidisciplinar entre três finalistas. As empresas finalistas de 2023, aliás, já foram definidas: ACS, Beckhoff e Bosch Rexroth.

Em 2022, o prêmio foi entregue à subsidiária alemã da empresa japonesa Sumitomo Cyclo Drive, pelo desenvolvimento do atuador “tudo em um” Tuaka, dispositivo que inova ao integrar todas as funções necessárias para o movimento robótico, facilitando o processo de design de robôs e seus componentes para suas aplicações na indústria.

Em 2021, o vencedor do Prêmio Hermes foi o atuador de válvula submarina SVA R2, criado pela empresa alemã Bosch Rexroth. A tecnologia é uma alternativa elétrica aos atuadores hidráulicos utilizados em tubulações submarinas, tipicamente usados na indústria de óleo e gás.

O papel do atuador é transformar energia e movimento para abrir ou fechar válvulas. O destaque da inovação é seu tamanho reduzido, comparado a modelos anteriores, e sua capacidade de operar com segurança, maior eficiência energética, servindo de substituto aos modelos hidráulicos.

Já a empresa alemã Schunk conquistou o Hermes em 2017 graças a JL1 Co-act, a primeira garra modular de aperto focada na colaboração entre robôs e pessoas. O equipamento é altamente interativo com humanos, e conta com câmera, tela sensível ao toque, sensores responsáveis por evitar acidentes e luzes que indicam o status do aparelho.

A garra tem amplas aplicações na indústria 4.0 devido à sua capacidade de aprender sobre o componente que segura e sobre o ambiente em que opera, o que a permite processar informações e executar ações em acordo com situações específicas.

O minicomputador industrial MICA (acrônimo para Arquitetura de Computação Modular Industrial, na tradução em português), desenvolvido pela empresa alemã Harting Technology, foi o vencedor do Hermes em 2016.

O dispositivo é uma plataforma compacta que agrega equipamentos e software e possibilita a conversão de fábricas convencionais em fábricas inteligentes, ao dotar de inteligência máquinas e instalações já existentes.

Na edição de 2012, o sistema medidor de descargas de raios produzido pela alemã Phoenix Contact também conquistou o Prêmio Hermes. Trata-se de um dispositivo que coleta dados de descarga elétrica em para-raios instalados em turbinas eólicas e os transmite, via internet, para uma central de controle.

As descargas elétricas são uma das principais causas de paralisação nas operações de parques eólicos. O dispositivo possibilita que equipes de manutenção sejam prontamente acionadas em caso de necessidade de reparos.

Na edição de 2022 os organizadores criaram um novo prêmio, o H2Eco, que irá contemplar empresas/produtos que contribuem para o avanço da economia do hidrogênio verde, por meio do empreendedorismo inovador. Os trabalhos são julgados e o vencedor é escolhido por um júri de especialistas em pesquisas de combustível limpo produzido a partir da eletrólise da água.

O caminhão-varredeira Bluepower abastecido por hidrogênio verde e desenvolvido pela alemã Enginus, do Grupo Faun, por exemplo, foi o ganhador pioneiro do Prêmio H2Eco no ano passado. O caminhão não emite nenhum gás de efeito estufa.

A edição da Feira de Hannoer 2023 contará com a maior missão empresarial brasileira, que está sendo organizada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), Senai e Sesi.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.