São Paulo, 30 de maio de 2024

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

11/02/2023

Fábrica de utilitários 100% elétricos no PR terá powertrain WEG

(12/02/2023) – A Hitech Electric, empresa brasileira de eletromobilidade, inicia 2023 com o início das operações da primeira linha de montagem de veículos utilitários 100% elétricos no país. A linha foi instalada em uma nova fábrica, com área total de 10 mil m², que será inaugurada em março, em Campo Largo, no Paraná.

Após cinco anos de operações como importadora e desenvolvedora de veículos elétricos, a Hitech – com a fábrica – muda a dinâmica de seus negócios e atuação, tornando uma montadora automotiva. A empresa integra o programa de Corporate Venture Capital (CVC) da Positivo Tecnologia, parceira estratégica e investidora tecnológica da startup.

Além do lançamento da linha de montagem e fábrica no interior do Paraná, a Hitech Electric anunciou outra novidade: a parceria com a WEG para o fornecimento do Powertrain (motor + inversor). A aliança também contempla o fornecimento de bateria com tecnologia Lítio Ferro Fosfato (LFP) não inflamável a todos os veículos montados pela empresa. Além disso, os utilitários, caminhões compactos, VUCs (veículo urbano de carga) e outros modelos desenvolvidos pela Hitech terão a condição de utilização de um pack adicional de bateria da WEG para expansão da autonomia.

De acordo com Rodrigo Contin, CEO da Hitech Electric, o portfólio da empresa foi ajustado para atender exclusivamente as demandas relacionadas ao transporte de carga last-mile, a última milha. “Agora temos diferentes modelos elétricos para transporte de mercadorias, feitos sob medida para suprir necessidades de última milha de encomendas e entregas, assim como superaplicativos, deliveries urbanos, redes de e-commerce, entre outros”, destaca.

Com o início das atividades de montagem e produção em março, a Hitech estima que o primeiro lote de utilitários e caminhões compactos começará a ser entregue no decorrer do mesmo mês. A capacidade operacional da fábrica foi dimensionada em fases. Na primeira etapa, a capacidade de montagem é de 50 veículos por mês, com condição de expansão para 100 unidades no curto prazo. A expectativa é que sejam comercializados aproximadamente mil veículos por ano, neste início de projeto. Há ainda previsão de ampliar a planta em novas fases a fim de atender a demanda do mercado, que é crescente.

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.