São Paulo, 26 de junho de 2022

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

28/05/2022

Plansee, holding da Ceratizit, é fornecedora da Apple

(29/05/2022) – A Apple confirmou oficialmente que o grupo austríaco Plansee é um dos seus fornecedores – e isso há vários anos. A Plansee, que é proprietária das marcas Ceratizit, Komet, entre outras fabricantes de ferramentas de metal duro, fornece para a Apple principalmente metais refratários de molibdênio e tungstênio.

A divulgação da parceria faz parte dos esforços de sustentabilidade da companhia estadunidense, que vem de criar um Programa de Energia Limpa de Fornecedores. Esse programa fez caducar a antiga tradição da Apple de evitar fornecer informações sobre as empresas de onde os seus componentes vêm.

A fabricante do iPhone pretende aumentar o número de fornecedores comprometidos com a energia limpa – espera que toda a cadeia de suprimentos se torne neutra em CO2 até 2030, por exemplo -, e a divulgação dos nomes de algumas das parcerias mais afinadas pode, sem dúvida, estimular este processo.

Só na Áustria, além da Plansee, fornecem para a Apple a AT&S, fabricante de placas de circuito impresso, e a Infineon, fabricante de semicondutores. De acordo com a Apple, 25 fornecedores já se comprometeram com a energia limpa apenas na Europa. São mais de 200 fornecedores em todo o mundo.

Mesmo com esta adesão sendo ainda baixa, a Apple afirmou que conseguiu dobrar o uso de energia renovável em sua cadeia de suprimentos no ano passado.

Atualmente, 10 gigawatts de energia verde estão sendo usados e nos próximos anos o volume deve aumentar para 16 gigawatts. A Apple também investe diretamente em energia solar e outras fontes renováveis, tendo projetos em andamento em países como Japão e China.

As empresas aderentes ao programa de fornecedores estão animadas, apesar das condições serem rigorosas. A Plansee, por exemplo, terá de usar só eletricidade de fontes renováveis na produção para a Apple a partir do final deste ano.

“Mas é um grande estímulo para nós participar do programa, trabalhando junto com a Apple para desenvolver novas ideias para conservação de recursos, economia circular e redução da pegada de CO2”, comentou Wolfgang Köck, membro do Conselho Executivo do Grupo Plansee. “Isso vai nos fortalecer ainda mais no mercado, que tende a se tornar cada vez mais verde”.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.