São Paulo, 21 de maio de 2022

Apoio:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

13/11/2021

Trumpf Brasil atinge meta anual de vendas em 4 meses


(14/11/2021) – A meta de vendas que a Trumpf Brasil estabeleceu para o ano fiscal 2022 (julho 21 – junho 2022) já foi atingida em outubro, ou seja, em apenas quatro meses. De outro lado, se considerado somente o ano de 2021, a expectativa de crescimento será de 100% em relação ao ano passado.

De acordo com João Visetti, presidente da subsidiária brasileira, o crescimento do mercado de corte e conformação no Brasil está relacionado em grande parte ao boom dos segmentos de máquinas agrícolas e máquinas de construção no Brasil. “Muitas peças e partes de corte e dobra que antes eram importadas ficaram inviabilizadas pelas dificuldades de importação trazidas pela pandemia e o aumento do dólar. Assim, foram nacionalizadas”.

De acordo com Visetti, outros segmentos também estão contribuindo para este aumento da demanda por dobradeiras e máquinas de corte a laser. É o caso dos segmentos de implementos rodoviários, indústria moveleira, indústria hospitalar, eletrodomésticos e todos os itens da indústria alimentícia, como fornos e fogões industriais.

“O primeiro semestre de 2021 foi forte e o segundo está sendo muito forte”, afirma. O executivo informa ainda que a demanda está alta também em vários outros mercados pelo mundo. Desta maneira, as fábricas da empresa estão com a capacidade tomada, ao mesmo tempo em que – assim como a sua cadeia de fornecedores – está sofrendo com a falta de componentes eletrônicos. Assim, o prazo de entrega de alguns modelos já está na casa de seis meses.

Blechexpo – Visetti deu estas informações durante coletiva de imprensa para falar sobre as novidades apresentadas pela Trumpf durante a Blechexpo, feira realizada em Stuttgart, Alemanha, no final do mês passado. Entre as inovações, destaque para a utilização do software Tool Setup Optimizer em dobradeiras convencionais, que possibilita o melhor aproveitamento da máquina. “O software organiza as peças de forma a que se obtenha um melhor aproveitamento do set-up das máquinas convencionais, reduzindo o número de set-ups e o tempo de parada de máquina”, informa.

Ainda no segmento de dobra, foi lançado o TruBend Center 7020, para peças de até 2 m e que tem capacidade para dobrar peças com até 350 mm. Segundo Visetti, trata-se de um modelo bastante competitivo, inclusive no que refere a preço, voltado à dobra de painéis e que pode ser empregado, por exemplo, em fábricas que produzem caixas e armários elétricos, além de armários inteligentes.

Na área de laser foi apresentada a nova TruLaser 1000 fiber, terceira geração da família, que oferece maior dinâmica e aceleração de 170 m/min. Foi apresentada ainda a nova TruLaser 3000 fiber, ambas com competência laser de até 12 kW. A nova TruLaser 3000, assim como a TruLaser 5000, faz chanfros e escareados com potência de 6 kW, tanto nas parte internas quanto no contorno externo das peças, sem o uso de cabeçote 3D, apenas gerenciando o laser.

Visetti observou que a feira recebeu bom número de visitantes de vários países da Europa (trata-se de uma feira basicamente voltada ao mercado europeu). Confirmando que o mercado de corte e conformação mundial está aquecido, as metas de fechamento de negócios da Trumpf para o evento foram batidas já no terceiro dia do evento, pela manhã.

Receba notícias
em seu e-mail

Usinagem Brasil © Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.