São Paulo, 27 de Novembro de 2021

  • Notícias

    VW testa rede 5G para avançar na produção inteligente


    (24/10/2021) - A implantação pela Volkswagen de uma rede local estacionária 5G (“campus network”) em sua fábrica de Wolfsburg, na Alemanha, está sendo celebrada pela companhia como um importante passo rumo às fábricas totalmente conectadas.

    O objetivo do projeto piloto, de alcance por enquanto limitado, é verificar se a tecnologia 5G atende realmente às exigentes demandas da produção de veículos, e pode ser empregada para a produção industrial em série no futuro.

    O projeto faz parte da estratégia chamada Accelerate e não se limita à fábrica de Wolfsburg, a principal da Volks no mundo. A unidade da montadora na cidade de Dresden também colocou uma “ilha 5G” em operação.

    “Com seus robôs, softwares remotos, sistemas de transporte sem operadores, controle em rede e do maquinário em tempo real, a tecnologia 5G tem grande potencial para otimizar continuamente a nossa produção e torná-la ainda mais eficiente e flexível”, diz Christian Vollmer, do Conselho de Administração da Volks e responsável pela produção e logística da empresa.

    De acordo com Vollmer, uma comunicação remota eficiente em tempo real será crucial para a produção flexível no futuro. A Volks espera, no longo prazo, que a rede local de Wolfsburg cubra grande parte dos 6,5 km² da fábrica.

    A Volkswagen está instalando e operando a infraestrutura 5G local por conta própria. Para a rede de Wolfsburg, a empresa recebeu a concessão de uma frequência de rádio privada, já que o espectro exclusivo é chave para possibilitar as operações 5G locais no local de fabricação.

    Uma transmissão sem fio sem interferências e com alta disponibilidade também exige uma frequência dedicada. Os equipamentos para a rede 5G do projeto piloto estão sendo fornecidos pelo grupo de comunicações finlandês Nokia.

    Já na “fábrica transparente” de Dresden - assim conhecida por permitir que visitantes acompanhem o processo de fabricação -, estão sendo testados sensores do sistema de transporte sem condutores comandados por computação em nuvem no sistema 5G.

    O projeto, financiado pelo Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha, vem sendo desenvolvido em parceria com a Porsche, a Audi e a Universidade de Tecnologia de Dresden.