São Paulo, 27 de Novembro de 2021

  • Notícias

    Bosch e Mercedes investem em centro de testes em SP


    (26/09/2021) - A Mercedes-Benz e Bosch deram início às obras do CTVI - Centro de Testes Veiculares de Iracemápolis, no interior paulista. O investimento é de R$ 94 milhões.

    De acordo com a montadora, o novo centro é um marco na expansão do Campo de Provas da Mercedes-Benz do Brasil, o maior do Hemisfério Sul e o mais avançado e tecnológico do País no setor de veículos comerciais. Com a ampliação, além de testes para caminhões e ônibus, já disponíveis, também serão oferecidos, para empresas terceiras, testes para automóveis, comerciais leves e máquinas agrícolas. A expectativa é de que as obras sejam concluídas no primeiro semestre de 2022.

    Quando finalizado, o Centro de Testes contará com pistas para avaliações de segurança veicular, eficiência energética e novas tecnologias de assistência ao condutor. Os serviços também serão ofertados para outros fabricantes de veículos, sistemistas e demais empresas do setor automotivo. Para assegurar a privacidade e confidencialidade de todos os projetos, serão disponibilizados boxes de oficina de protótipos e escritórios individuais.

    “Ao disponibilizar essa nova estrutura para outras empresas do setor automotivo, contribuímos para o desenvolvimento da indústria automotiva brasileira. Com o importante diferencial de que toda a estrutura estará concentrada em um único local, otimizando processos e assegurando ganhos de eficiência, agilidade e produtividade, com segurança e confiabilidade”, destaca Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

    Ampliação da gama de testes - O CTVI ampliará a gama de testes veiculares oferecidos atualmente no Brasil. Destacam-se os ensaios para desenvolvimento de sistemas de segurança veicular e controle de chassi - como Programa Eletrônico de Estabilidade, Frenagem Automática de Emergência, proteção de pedestres e ciclistas e Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor -, de eficiência energética e de condução autônoma e semiautônoma.

    Sediado em um terreno de 1,3 milhão m², o Campo de Provas da Mercedes-Benz atualmente conta com 17 pistas. A maioria – 14 pistas – é destinada à verificação de durabilidade estrutural. Além disso, há uma pista dedicada à acústica, um circuito em asfalto para avaliação de conforto térmico e uma pista de terra.

    Com a expansão, o CTVI vai agregar mais cinco complexos, elevando para 22 a quantidade de pistas em Iracemápolis. Entre as adições estão um circuito oval com aproximadamente 2,6 km, três faixas de rolagem, uma faixa de acostamento e curvas compensadas para altas velocidades, um VDA (Vehicle Dynamic Area) com diâmetro de 220 m para avaliação dinâmica, pistas de baixo e médio atrito, circuito de Handling com 1,6 km e níveis de elevação variados para ensaios de dirigibilidade e sete pistas de conforto com diferentes perfis.

    O espaço também terá boxes de oficina e escritórios individualizados, além de estacionamento para protótipos confidenciais de veículos em desenvolvimento, que também estará à disposição do mercado para locação.