São Paulo, 24 de Junho de 2021

  • Notícias

    AmstedMaxion investe e amplia capacidade de usinagem


    (06/06/2021) - A AmstedMaxion está ampliando a capacidade de usinagem de fundidos em sua planta de Cruzeiro (SP). A empresa adquiriu um centro de usinagem MCH350, marca Heller, e uma mandrilhadora B1305, da marca Wotan. Além disso, realizou o retrofit de um centro de usinagem horizontal Heller BEA2.

    Estes equipamentos irão permitir “atender com qualidade e valor agregado os clientes e mercados que atuamos”, informa a AmstedMaxion, acrescentando que permitirão um aumento de 1.000 horas-máquina/mês. Essas máquinas serão destinadas à produção de rodas-guias, Bolster, Saddle, Support, entre outras peças do portfólio da empresa.

    De acordo com a empresa, esses investimentos dão sequência a um processo de modernização da empresa, que inclui a instalação de equipamentos de ensaios de alta tecnologia para controle das propriedades físico/químicas da areia e do metal e softwares 3D para confecção de ferramentais por CNC. E ainda o software Magma, exclusivo para o setor de fundição, que simula a solidificação e enchimento das peças, garantindo assim a qualidade e melhoria contínua dos fundidos.

    A empresa tem capacidade para produzir peças de 10 quilos a cinco toneladas, em aço carbono e baixa-liga, voltados aos setores de mineração, máquinas e equipamentos para construção civil, sucroalcooleiro e ferroviário.

    AmstedMaxion - Nascida a partir da FNV (Fábrica Nacional de Vagões), a AmstedMaxion atualmente é formada pela união das empresas norte-americanas Amsted Rail Inc. e The Greenbrier Companies, além da brasileira Iochpe-Maxion. A empresa tem capacidade de produção de 30 mil toneladas em peças fundidas e 80 mil rodas ferroviárias por ano.