São Paulo, 18 de Janeiro de 2022

  • Notícias

    VW Caminhões mais que dobra as exportações em 2021


    (16/05/2021) - A Volkswagen Caminhões e Ônibus mais que duplicou as exportações no primeiro quadrimestre de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado: o volume saltou de 1.084 para 2.527 unidades.

    Apesar do inegável bom resultado, a companhia reconhece, de qualquer forma, que a base de comparação fornecida por 2020 é baixa, pois o volume corresponde ao momento de eclosão da pandemia pelo planeta.

    No entanto, a empresa observa que os números do período de janeiro a abril de 2021 emitem sinais de que o pior já passou, e que um processo gradual de retomada já pode ser verificado nos mais diferentes mercados.

    “Cada mercado apresenta razões distintas para a alta na demanda, mas de modo geral podemos observar uma tendência de recuperação e retomada após um período tão difícil como foi o do início de 2020”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

    O destaque nas vendas externas no primeiro quadrimestre do ano foi o Chile, que liderou o ranking com 720 unidades vendidas, a maioria caminhões VW Constellation 17.280.

    As vendas destes caminhões foram impulsionadas no país andino pelo renovado dinamismo do seu setor de commodities, especialmente no segmento de exploração do minério de cobre.

    Outro país da América Latina que se destacou nas vendas da VWCO foi o Uruguai. Ali, a empresa atingiu o marco histórico de 100 caminhões vendidos num único mês e consolidou a sua liderança no mercado local. O VW Constellation 24.250 tornou-se o caminhão mais vendido por lá.

    Nos demais países da América Latina, o setor de distribuição de alimentos e bebidas foi o principal impulsionador das vendas, fazendo da família Delivery, especialmente o modelo 11.180, o veículo mais exportado no período pela VWCO.

    Na América Central, especificamente, lançamentos recentes de caminhões em países como a Guatemala ajudaram a engordar essa conta.

    Na África, ao contrário da América Latina, o destaque foram os ônibus. Deve-se parte do bom desempenho, ali, ao fato de a VWCO participar do programa de modernização do transporte público de Angola, onde Volksbus 17.210 especialmente adaptados são usados no combate contra a pandemia da Covid-19.