São Paulo, 24 de Junho de 2021

  • Notícias

    Gemu Brasil amplia exportações e faz contratações


    (09/05/2021) - Um ano após se tornar Centro de Competência Mundial para a produção de diafragmas de vedação para válvulas, a Gemü do Brasil está abrindo vagas em sua unidade de São José dos Pinhais (PR). Além de novas vagas na área de prensagem, a empresa também contratou colaboradores para a etapa de preparação dos diafragmas. Outras oportunidades de emprego ainda devem ser criadas pela companhia para atender a demanda do mercado.

    “Foi uma grata recompensa do nosso trabalho quando recebemos o título de Centro de Competência Mundial, pois isso envolveu a validação de amostras do produto enviadas para o polo de qualidade, que fica na Alemanha”, conta Mateus Souza, gerente geral de vendas da área industrial da Gemü. “Na sequência, nossos diafragmas passaram por diversos testes, conforme o padrão europeu, e fomos selecionados”, complementa.

    Para alcançar o título, a Gemü realizou uma série de investimentos em modernização nos últimos cinco anos, o que inclui troca de equipamentos e compras de máquinas de última geração, como novas prensas automáticas (de maior controle e rapidez) que possibilitam produção em escala. Também houve investimento em capacitação de operadores, reestruturação envolvendo layout, armazenamento de matéria-prima, padronização de procedimentos, movimentação de materiais etc.

    Com as novas máquinas, ferramentas e matéria-prima vindas direto da Alemanha, a empresa atingiu o nível de qualidade exigido pelo grupo. De acordo com a empresa, a certificação da unidade brasileira atesta a tecnologia de ponta presente nas válvulas e sistemas de medição e controle utilizadas em inúmeros segmentos da economia, como siderurgia, fabricação de fertilizantes, saneamento, geração de energia, entre outras aplicações.

    Mesmo com a crise causada pela pandemia no mercado, a empresa precisou acelerar sua produção para manter o fornecimento regular de diafragmas para a matriz na Alemanha, que faz a distribuição global. “Uma consequência positiva do creditamento foi o aumento no volume das vendas intercompany da Gemü do Brasil”, explica Souza.

    Outro fator que contribuiu com o quesito qualidade da Gemü do Brasil foram os resultados do programa de mentoria lean, iniciado em 2020 em parceria com o Senai-PR, que tinha como objetivo elevar a produtividade em pelo menos 20% no setor de vulcanização. O resultado foi melhor do que o esperado pela empresa: ganho de 27% na produtividade no setor.