São Paulo, 18 de Abril de 2021

  • Notícias

    Randon fecha 2020 com alta na receita líquida

    (07/03/2021) - Uma política agressiva de aquisições e o foco no atendimento de nichos economicamente sólidos, como o agronegócio - que representou mais de 70% da carteira de pedidos de sua divisão montadora - permitiram às Empresas Randon lograrem em 2020 um crescimento da receita líquida de 6,5% diante de 2019, atingindo R$ 5,4 bilhões.

    A receita bruta também evoluiu, tendo sido 5,6% maior que a registrada no ano anterior, totalizando R$ 7,7 bilhões. A companhia ainda alcançou um Ebidta consolidado de R$ 1,2 bilhão, com margem de 22,1%, e um Ebidta ajustado de R$ 774,2 milhões, com margem de 14,2%.

    “O ano de 2020, marcado pela pandemia da Covid-19, foi sem dúvida bastante desafiador, mas graças principalmente aos nossos planos de expansão e aos investimentos em diversificação e inovação, conseguimos até mesmo crescer”, diz o CEO do grupo, Daniel Randon.

    O executivo atribui o bom desempenho também à aceleração dos projetos de transformação cultural, digital e ambiental e ao aprimoramento da governança corporativa: “Isso tornou o grupo mais competitivo e atento às novas demandas”.

    A Randon terá marcado o ano de 2020 especialmente pelas suas várias aquisições. A que teve maior repercussão foi a finalização da compra da Nakata Automotiva pela Fras-le, o que contribuiu para o crescimento desta empresa no mercado brasileiro de reposição e para o incremento direto da receita no ano.

    Ainda efetuou a compra, pela Castertech, da Fundituba, que irá ampliar a capacidade produtiva de fundidos da companhia, fortalecendo ainda mais a participação do grupo no mercado de autopeças. Além disso, consolidou a joint venture que criou a Randon Triel-HT e concluiu a aquisição da metalúrgica Ferrari, pela Master.

    Para reforçar as ações de inovação, tecnologia e automação, constituiu as empresas Randon Ventures, Conexo e Randon Tech Solutions Industry (RTS Industry), além de desenvolver iniciativas como o CTR Innovation Lab.

    Outro movimento importante do ano foi a entrada da Suspensys no seleto grupo de empresas que compõem o consórcio modular da Volkswagem Caminhões e Ônibus, um passo importante para a continuidade do processo de crescimento.