São Paulo, 18 de Abril de 2021

  • Notícias

    Renault anuncia investimento de R$ 1,1 bi no país


    (03/03/2021) - A Renault do Brasil irá investir R$ 1,1 bilhão no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, na renovação da gama atual de veículos e na produção de um motor turbo. Serão cinco novidades até a metade de 2022, segundo Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil, que fez o anúncio no dia 1º de março, no Palácio do Governo do Estado do Paraná. Também serão lançados dois veículos elétricos no mesmo período.

    “Mesmo num cenário de muitos desafios, fico feliz em poder anunciar que seguimos investindo na atualização dos nossos produtos no Brasil”, afirmou o executivo.

    De acordo com a Renault, o ano de 2020 foi marcado pelos impactos da pandemia, mas trouxe também algumas boas notícias. Como os prêmios conquistados pelos produtos e serviços ofertados pela montadora e, em especial, a inclusão do Complexo Ayrton Senna como um dos faróis da Indústria 4.0 no mundo pelo Fórum Econômico Mundial. Trata-se da primeira planta industrial da América Latina a receber este reconhecimento.

    Ainda segundo a montadora, outro importante acontecimento foi a aprovação do acordo coletivo com o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) e os colaboradores, o que trouxe previsibilidade e flexibilidade, fundamentais para a aprovação do novo ciclo de investimentos, que tem duração de quatro anos (2021-2024).

    “O mercado brasileiro continua sendo estratégico para o Grupo Renault. A aprovação de um novo ciclo de investimentos para futuros projetos depende da melhoria da competitividade. Fatores como a complexidade e alta carga tributária, os altos custos logísticos e de fabricação comprometem a competitividade para fabricar no país”, destacou Luiz Fernando Pedrucci, SVP para a América Latina.

    800 ENGENHEIROS - A Renault do BRasil está localizada em São José dos Pinhais (PR), onde fica o Complexo Ayrton Senna, que reúne as quatro fábricas da marca no Brasil: a de automóveis (CVP), a de comerciais leves (CVU), a de motores (CMO), além da fábrica de injeção de alumínio (CIA), em um espaço de 2,5 milhões de m², sendo que 60% dessa área são de mata preservada.

    A montadora conta com 6.400 colaboradores diretos (e 25 mil empregos indiretos). No Complexo Ayrton Senna trabalham cerca de 800 engenheiros. O Brasil abriga ainda o Renault Design Center São Paulo, o único estúdio de design da marca no continente americano.