São Paulo, 24 de Fevereiro de 2021

  • Notícias

    Fiat amplia produção de transmissões em 60% em MG


    (21/02/2021) - A Stellantis anunciou na semana passada que, com a entrada em operação da nova fábrica de motores turbo, planeja aumentar em 60% a produção de transmissões no Polo Automotivo de Betim (MG), que no ano passado chegou a 320 mil unidades. A expectativa para 2021 é que a produção ultrapasse 500 mil unidades, grande parte no modelo C-513.

    Segundo a montadora, atualmente, o polo responde pela produção diária de mais de 1,7 mil transmissões. Aliás, na semana passada, o complexo alcançou a marca de 15 milhões de unidades produzidas desde sua implantação, há 45 anos.

    De acordo com a montadora, a entrada em operação nos próximos meses da nova fábrica de motores turbo (anunciada em 2019) deverá transformar o Polo de Betim, implantado pela Fiat em 1976 e hoje parte do Grupo Stellantis, no maior hub de powertrain da América Latina. A capacidade produtiva anual de 700 mil motores, com o início da produção dos turbos, será acrescida em mais 100 mil unidades.

    “Estamos muito orgulhosos destes números. É uma conquista importante, não somente pela quantidade produzida, mas também pelo crescimento de um time industrial que, ao longo desses 45 anos, tem evoluído com grande engajamento”, comemora o diretor de manufatura da Stellantis para a América do Sul, Pierluigi Astorino.

    Com cerca de 800 empregados, em dois turnos, a unidade é responsável pela fabricação dos câmbios C-513 - que equipa os modelos Nova Fiat Strada, Argo, Mobi, Uno, Cronos, Fiorino e Grand Siena - e C-510, que está presente, dentre outros, nas versões manuais do Fiat Toro e Jeep Renegade.

    FÁBRICA - Com 30 mil m², a fábrica reúne as áreas de usinagem, tratamento térmico e montagem. “Nossos processos de manufatura são pautados pela inovação, com a aplicação contínua de competências que garantem avanços de produtividade e qualidade”, afirma Jasson Azevedo, coordenador do Polo Powertrain de Betim.

    Cerca de 10% da produção é exportada para a Argentina. As transmissões C-513 e C-510 estão presentes em 100% dos veículos com câmbio manual exportados para América Latina, incluindo México.

    O Polo Automotivo de Betim soma, desde 1976, mais de 16 milhões de automóveis produzidos. Com forte investimento em inovação, mantém um centro de desenvolvimento virtual tido como um dos mais modernos do mundo, que foi usado, por exemplo, no projeto da nova picape Strada.

    Os recursos investidos na nova fábrica (R$ 500 milhões) e o aumento da capacidade produtiva de transmissões fazem parte do ciclo de investimentos 2019-2024. No total, estão previstos R$ 16 bilhões em investimentos, sendo R$ 8,5 bilhões para o Polo Automotivo de Betim e R$ 7,5 bilhões para o Polo de Goiana (PE), onde são produzidos os modelos da Jeep e o Fiat Toro.