São Paulo, 18 de Abril de 2021

  • Produtos

    GRV Software lança versão 2.0 do CNC Monitor


    (16/08/2020) - A GRV Software acaba de anunciar o lançamento da versão 2.0 do CNC Monitor, sua plataforma de monitoramento de dados de máquinas CNC. De acordo com a empresa, a nova versão do programa é compatível com 90% das máquinas CNC do mercado. A solução foi projetada para facilitar a gestão do maquinário e trazer ganhos de produtividade.

    Nesta versão, o CNC Monitor pode ser integrado ao MindSphere, plataforma IoT baseada em nuvem desenvolvida pela Siemens. A solução conecta máquinas e infraestruturas físicas a dispositivos inteligentes, gerando dados que podem elevar a eficiência dos negócios. “O MindSphere é líder em plataformas de software industrial para Internet das Coisas (IoT) e vem revolucionando a maneira como as empresas se conectam a partir dos dados disponíveis na indústria. Essa parceria com a GRV Software vai elevar o nível de integração do CNC Monitor e ajudar as empresas a se adaptarem à Indústria 4.0”, afirma José Moreira, gerente da Área de Negócios Motion Controls da Digital Industries da Siemens.

    Valdecir Pereira, diretor de P&D da GRV Software, afirma que a nova versão do CNC Monitor vai permitir a captura de dados de mais máquinas CNC de forma homogênea e que os dados gerados vão facilitar a gestão. “Conseguimos romper essa barreira, pois até então não havia uma solução para a fábrica que fizesse esse monitoramento com todas as máquinas. Esse é o desafio que está sendo vencido e hoje já estamos integrados com 90% das máquinas CNC existentes no mercado”, aponta Pereira.

    Em sua opinião, é necessário “fazer mais com menos” no atual momento da economia: “Precisamos melhorar a nossa produtividade para sermos mais competitivos no mercado. O Brasil vem caindo no ranking mundial de competitividade e hoje ainda estamos lidando com uma pandemia, que além de todos os problemas já conhecidos, também nos faz procurar novas formas de trabalhar com a equipe reduzida”.

    Para o diretor da GRV, o primeiro passo para a análise e compreensão de um parque fabril é a captação de dados das máquinas, como: status, rotação do spindle, carga do spindle, carga dos eixos, modo do CNC, programa em uso, alarmes, potência/avanço rápido/avanço de corte do spindle, número de ferramentas em uso, contador de peças, tempo de operação em automático e tempo total de corte.

    A nova versão do CNC Monitor terá lançamento online, no dia 20 de agosto às 9h. Inscrições para o evento podem ser realizadas em http://cncmonitor.com.br/lancamento-2-0/.

    Transformação digital - Sobre os desdobramentos da pandemia de Covid-19 no processo de transformação digital da indústria, José Moreira avalia que houve uma mudança no padrão de consumo que está exigindo adaptação. De acordo com ele, a indústria está investindo em novos produtos e processos para atender esta nova demanda. “As empresas estão se informando mais sobre benefícios e vantagens da digitalização e procurando formas de investir, seja para aumentar a produtividade, para otimizar processos, para acelerar o time-to-market e também conectar os equipamentos, máquinas e produtos a sistemas em nuvem. Algumas empresas investem para atender a elevada demanda, enquanto outras estão aproveitando o momento para se preparar para o futuro”.

    A Siemens acredita que as tendências e as novas tecnologias disponíveis, em conjunto com as necessidades de aumento de produtividade e de rastreabilidade, vão guiar a indústria para um novo período de investimentos, expandindo a Indústria 4.0 no Brasil. “Estamos na era da informação, e a coleta de dados ao longo de toda a vida útil dos produtos possibilitará a geração de informação através de análises, das mais simples (compilação de dados) até as mais avançadas (utilizando Inteligência Artificial). Além disso, existem soluções modernas que facilitam e aceleram o desenvolvimento de novos produtos, permitindo que a digitalização possa ser aplicada desde a concepção do produto, até o acompanhamento de seu consumo”, conclui Moreira.