São Paulo, 29 de Maio de 2020

  • Notícias

    Thyssenkrupp é uma das empresas com mais patentes na Europa

    (17/05/2020) - Pela quinta vez consecutiva, a Thyssenkrupp está entre as 100 empresas europeias com o maior número de patentes registradas em um ano. Em 2019, a companhia registrou 300 patentes no Escritório Europeu de Patentes, ocupando a 12ª posição entre as empresas alemãs.

    As novas patentes incluem inovações na área de proteção climática, como o Carbon2Chem, solução que transforma gases de efeito estufa em componentes químicos verdes, um processo para a otimização do peso de eixo de comando de válvula automotivo, além de melhorias em máquinas de mineração. O grupo investiu no último ano fiscal (2018/2019) € 761 milhões em pesquisa e desenvolvimento em seus 90 centros de P&D ao redor do mundo.

    Brasil - No país, a Thyssenkrupp possui quatro centros de P&D (dois em São Paulo, um no Paraná e um no Rio Grande do Sul). Nos últimos 10 anos, registrou 380 pedidos de patentes, sendo 39 publicadas em 2019.

    Do total de patentes registradas no Brasil no ano passado, 23 são dedicadas ao setor de mineração, uma das unidades de negócio da Thyssenkrupp com maior ênfase em P&D, chamada de Plant Technology. Na área, o portfólio de soluções da empresa engloba processos de extração, manejo, armazenamento e transporte de materiais, além de serviços de manutenção.

    Todas as unidades de negócio brasileiras estão conectadas às suas respectivas áreas e centros de excelência na Alemanha e em outros países onde a Thyssenkrupp atua. “Nossa estratégia de inovação é baseada na responsabilidade ao longo de todo o ciclo de vida do produto, sustentabilidade, avaliação dos mercados futuros e habilidade de trazer novas ideias rapidamente para o mercado atual. Para nós, ter um processo de desenvolvimento de produto bem estruturado é fundamental para que os investimentos em inovação gerem bons resultados“, afirma Paulo Alvarenga, CEO da Thyssenkrupp na América do Sul.