São Paulo, 20 de Outubro de 2019

  • Notícias

    Volks cria e-Consórcio para produzir caminhões elétricos no País


    (06/10/2019) - A experiência bem-sucedida do consórcio modular na fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO), em Resende (RJ), será a base para o projeto de produção local de caminhões elétricos. A decisão foi apresentada por Roberto Cortes, seu presidente e CEO, na Suécia, durante o Innovation Day do Grupo Traton, que reúne as marcas de caminhões do grupo: VWCO, Scania e MAN.

    “É a primeira vez no mundo que uma marca prevê desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria desses caminhões, alavancando o comprometimento de toda a cadeia de fornecedores de maneira tão integrada”, afirma a empresa em comunicado de imprensa. Para a VWCO, desta maneira, “o e-Consórcio vai facilitar o acesso à tecnologia elétrica em veículos comerciais”.

    Entre os parceiros da VWCO no e-Consórcio estão as empresas Siemens (para fornecimento de infraestrutura, carregadores e energia para clientes); CATL e Moura (para fornecimento, gerenciamento, distribuição e manutenção de baterias); e Bosch, WEG e Semcon (para desenvolvimento e fornecimento de componentes).

    “Não há dúvida de que estamos novamente entrando para a história com esse anúncio. A VWCO foi a primeira a apresentar e testar, em condições reais de operação, um caminhão elétrico no Brasil. E, agora, anuncia mundialmente a criação do e-Consórcio, somando forças com empresas que são referência para o desenvolvimento da mobilidade elétrica”, afirmou Cortes.

    A empresa também anunciou que aprimora continuamente a tecnologia de seus modelos e desenvolveu uma solução de engenharia patenteada, a partir de um projeto de arquitetura flexível, que permite a rápida integração para utilização de componentes da Traton e também de seus parceiros de aliança do Grupo.

    Nesse contexto, a família VW e-Delivery será expandida. Além dos modelos já apresentados, de 11 e 14 toneladas, a empresa acaba de expor na Europa o caminhão-conceito VW e-Delivery de 4 toneladas. “Desde a criação da VWCO em 1981, nós temos revolucionado o mercado de caminhões e ônibus e, com este objetivo, estamos investindo R$ 1,5 bilhão até 2021. Desta vez, nosso time construiu de forma pioneira configurações de tecnologia e de modelo de negócios que vão facilitar a introdução desses veículos elétricos no cenário de transporte mundial”, disse Cortes.

    A linha de caminhões elétricos da VWCO já conta com um cliente de peso. No ano passado, a Ambev assinou intenção de compra para ter, até 2023, mais de 1/3 da frota dos seus distribuidores composta por caminhões elétricos da Volkswagen. O contrato envolve 1.600 caminhões elétricos e é o maior projeto desse tipo já anunciado no mundo.


    e-Consórcio - A VWCO enfatiza que a ideia do e-Consórcio segue o modelo do Consórcio Modular, um sistema de produção único e revolucionário: nesse modelo, sete fornecedores dividem com a VWCO a responsabilidade pela montagem dos veículos dentro da fábrica, com aumento da produtividade e dos níveis de qualidade e redução dos custos.

    A VWCO explica que, devido “à demanda para a viabilização da tecnologia elétrica, entram novas empresas parceiras nesse modelo de negócio para expandir sua atuação para além dos portões da fábrica, indo onde o cliente estiver. E isso envolve, por exemplo, análise e instalação de terminais para recarga nas garagens dos clientes, em qualquer ponto do Brasil”.

    Para essa empreitada, a VW Caminhões e Ônibus está em fase final de negociações com oito parceiros de peso para anunciar o início do desenvolvimento do ecossistema para a mobilidade elétrica.

    A empresa enfatiza ainda que o e-Consórcio contempla desde o desenvolvimento local de componentes específicos para o veículo elétrico até a infraestrutura necessária para a sua produção, abrangendo ainda todo o ciclo de vida útil dos veículos e o descarte de componentes como a bateria após o uso.


    Voltar