São Paulo, 21 de Agosto de 2019

  • Notícias

    Exportação e produção de máquinas agrícolas dão um salto

    (11/08/2019) - A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias deu um salto em julho na comparação com o mês anterior, com crescimento de 40,2%. Em julho foram produzidas 6,2 mil máquinas contra as 4,4 mil fabricadas em junho, segundo dados divulgados pela Anfavea na última terça-feira, 6 de agosto.

    É verdade que o volume ainda não retornou aos níveis do ano anterior. Em julho de 2018, por exemplo, foram produzidas 6,7 mil unidades, 8,1% acima do número atingido no mês passado.

    O que surpreende, no entanto, é o crescimento da produção num momento de baixa nas vendas. Em julho foram comercializadas 3,9 mil unidades, contra 4,3 mil no mês anterior e 4,7 mil em julho de 2018.

    De acordo com Alfredo Miguel, vice-presidente de Máquinas Propulsadas da Anfavea, a queda nas vendas se justifica pela falta de recursos para financiamento (Moderfrota, Pronaf etc.) nos últimos 90 dias, o que aliás já foi regularizado com o lançamento do Plano Safra 2019-2020 no final do mês passado.

    “Esse aumento de 40,2% na produção demonstra a visao otimista (dos fabricantes) em relação às oportunidades que estão surgindo, como as que a China trará ao Brasil, além das reformas que já estão em implementação. Isto traz um otimismo muito grande ao mercado e à industria”, explicou.

    Alta nas exportações - Outro fator que contribuiu foi a forte retomada das exportações, que cresceram mais de 60%. Em julho foram exportadas 1,4 mil máquinas, contra 900 mil do mês junho. O volume é inclusive maior que o registrado em julho de 2018, quando foram exportadas 1,2 mil máquinas. O resultado de julho, aliás, contribuiu para que o período janeiro-julho de 2019 superasse o número total de exportações do mesmo período do ano anterior em 1,3%. Nos sete meses deste ano foram exportadas 7,5 mil máquinas contra 7,4 mil do mesmo período de 2018.


    Voltar