São Paulo, 23 de Setembro de 2019

  • Notícias

    Senai e Amazon: parceria na área de educação tecnológica

    (07/07/2019) - O Senai e a Amazon Web Services (AWS), ligada à Amazon.com, assinaram na última terça-feira, 2, Memorando de Entendimento para que as instituições promovam conjuntamente projetos voltados para a educação tecnológica no Brasil.

    A cooperação buscará atender, através de programas de capacitação profissional, a demanda do mercado por mão de obra qualificada em novas tecnologias, como inteligência artificial, internet das coisas e aprendizado de máquina, além de outras relacionadas à computação em nuvem.

    Na prática, serão fornecidos suporte, treinamento e eventos virtuais para a comunidade acadêmica do Senai, de modo que os participantes possam ser capacitados com o conteúdo dos programas globais da AWS em educação, pesquisa e inovação, como o AWS Educate e a AWS Academy.

    “A parceria com a AWS vai ajudar o Senai a cumprir uma de suas mais relevantes missões, que é a de formar profissionais para rabalhar com as novas tecnologias digitais”, afirma o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi. “A formação dos jovens e a requalificação dos trabalhadores é fator decisivo para que o Brasil se insira na quarta revolução industrial, criando oportunidades de empregos de qualidade”.

    Iniciativa global da Amazon, o AWS oferece para alunos e docentes os recursos necessários para acelerar o aprendizado relacionado à nuvem. Em todo o mundo, mais de 2.400 instituições participam deste movimento, incluindo a Carnegie Mellon University, a Universidade Nacional de Seul e o National College of Ireland, beneficiando centenas de milhares de inscritos em mais de 200 países e territórios.

    No Brasil, só o AWS Educate já possui mais de 8 mil membros, de 119 instituições, incluindo USP, Unicamp, Mackenzie, UFRJ e o grupo Kroton. No final de 2018, a cidade de Araraquara (SP) e seis instituições educacionais da cidade aderiram ao programa para treinar 1 mil alunos com conhecimento e habilidades em computação em nuvem, tornando a cidade um hub do setor.

    Na nova parceria com o Senai, mais de 3 mil integrantes serão capacitados no primeiro ano de trabalho, tornando a instituição o maior polo do gênero no Brasil.

     


    Voltar