São Paulo, 25 de Maio de 2019

  • Notícias

    Máquinas da Case Brasil ganham espaço no mercado russo

    (03/03/2019) - Um grupo de clientes e distribuidores da Case Construction Equipment na Rússia esteve no final de fevereiro no Brasil para visitar a fábrica da companhia sediada em Contagem, Minas Gerais.

    Os executivos da Rússia vieram conhecer, principalmente, a produção, os testes e a tecnologia embarcada das motoniveladoras e dos tratores de esteiras - conhecidos no mercado internacional como graders e dozers -, que estão entre as máquinas mais vendidas pela Case do Brasil para aquele país.

    Segundo Maurício Moraes, gerente de marketing da Case América Latina, a visita comprovou o crescente interesse da Rússia pelas máquinas pesadas produzidas pela companhia no Brasil.

    “De fato, houve um aumento do número de clientes russos na busca de nossos equipamentos. Isso mostra que estamos no caminho certo, já que queríamos mesmo que a marca se destacasse em nível mundial pela produtividade e desempenho que entrega em suas soluções”, diz Moraes.

    Os russos costumam utilizar as motoniveladoras da Case para terraplenagem e movimentação de neve, enquanto os tratores são empregados especialmente nos trabalhos de movimentação de neve, terraplenagem e supressão vegetal.

    A motoniveladora Case 865B é uma das mais procuradas pelos russos. Ela dispõe de um motor com potência de até 220 cavalos, e a sua lâmina central tem 13 polegadas. O peso operacional da máquina é de 16,6 toneladas.

    O trator de esteiras Case 2050M também caiu no agrado da construção civil da Rússia. Com motor dotado do sistema de injeção Common Rail, produz 232 hp e tem peso operacional de 24,3 toneladas.

    Diga-se que o crescente interesse pelas máquinas brasileiras da Case não se restringe à Rússia. Atualmente, cerca de 30% da produção da empresa são exportados.

    Entre as máquinas mais vendidas lá fora, as motoniveladoras respondem por 60% do volume total. Equipamentos como retroescavadeiras, tratores de esteiras, pás carregadeiras e escavadeiras também são bastante requeridos internacionalmente.

    Parte do megagrupo industrial italiano CNH, a Case brasileira também está sabendo se beneficiar do grande potencial do grupo, que lhe garante oferecer amplo suporte pós-venda e linhas flexíveis de financiamento.


    Voltar