São Paulo, 15 de Dezembro de 2018

    Notícias

    XCMG Brasil aposta em crescimento de 30% em 2019


    (02/12/2018) - O presidente mundial da XCMG, Wang Yan Song - que veio especialmente ao Brasil para liderar a participação desta companhia de origem chinesa na M&T Expo 2018, feira da construção civil promovida na semana passada no São Paulo Expo - afirmou que está otimista quanto à recuperação econômica do Brasil e ao desempenho de sua empresa no futuro próximo. A XCMG é uma das maiores fabricantes mundiais de máquinas de construção, caminhões pesados e guindastes.

    “Acreditamos que deveremos vender em 2019 um volume 30% maior do que neste ano”, disse Wang. “A conjuntura brasileira melhora a olhos vistos, e certamente haverá doravante muitos investimentos em infraestrutura, um cenário ideal para nós”. Wang observou que a XCMG produz equipamentos para os mais variados nichos da construção civil e, assim, espaço para as máquinas da empresa não deverá faltar.

    Com fábrica instalada desde 2012 na cidade de Pouso Alegre, Minas Gerais, a XCMG vem trabalhando há algum tempo com capacidade ociosa, como a maioria das empresas do setor, embora no caso dela isto se deva também ao porte algo gigantesco da unidade industrial, capaz de produzir até 3.500 máquinas por ano nos mais variados modelos. Em 2018, a XCMG deverá produzir cerca da metade do potencial.

    Um dos projetos da companhia para 2019 é o de começar a ocupar com mais energia o mercado das regiões Norte e Nordeste do país, onde hoje ela é ainda pouco atuante - a sua participação nos negócios do centro-sul do Brasil é muito mais substancial. Mas, conforme Wang explicou, será um avanço sustentável, não aleatório: “Vamos crescer nessas regiões conjuntamente com o desenvolvimento local dos serviços pós-venda, para que haja consistência nesse avanço”, explicou Wang.

    O desejo de ocupar maiores espaços no Norte-Nordeste já está se refletindo no portfólio da empresa. De olho no provável novo ciclo de investimentos em obras de saneamento básico na Região Norte - ainda pessimamente atendida nesta área - a XCMG deverá lançar em 2019, dentre outros produtos, uma nova linha de máquinas perfuratrizes particularmente adequadas às características geofísicas da Amazônia.

     


    Voltar