São Paulo, 13 de Novembro de 2018

  • Notícias

    Geração de energia eólica em 2018 já cresceu 19%

    (28/10/2018) - Dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica - CCEE indicam que a geração de energia eólica em operação comercial no país cresceu 19% de janeiro a agosto de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017, registrando 4.795 MW médios frente aos 4.032 MW médios.

    Durante o mês de agosto, as usinas eólicas registraram a maior produção de energia da história ao alcançar 7.017 MW médios. A produção elevou a representatividade da fonte, em relação a toda energia gerada no período pelas usinas do Sistema, para 11,5% em 2018. A fonte hidráulica (incluindo as Pequenas Centrais Hidrelétricas - PCHs) foi responsável por 62,2% do total, as usinas térmicas responderam por 25,8 e a fonte Solar com 0,6%.

    A CCEE contabilizou 519 usinas eólicas em operação comercial no país, ao final de agosto, somando 13.212 MW de capacidade instalada, incremento de 10,6% frente aos 11.951 MW de capacidade das 470 unidades geradoras existentes em agosto de 2017.

    O Brasil encerrou 2017 com alta de 26,5% na geração de energia eólica em relação a 2016. Ao final do ano, a CCEE contabilizva 494 usinas eólicas em operação comercial, somando 12.589,7 MW de capacidade instalada, incremento de 23,2% frente aos 10.221,5 MW de capacidade das 402 unidades geradoras existentes um ano antes.

    Em agosto, o BNDES informou ter em análise sete projetos de novos complexos eólicos, envolvemento financiamento de R$ 3,27 bilhões para um investimento total de R$ 6,23 bilhões.


    Voltar