São Paulo, 19 de Setembro de 2018

    Notícias

    Termomecanica dobrará produção de tubos de alumínio

    (02/09/2018) - A linha de produção de tubos de alumínio da Termomecanica vem registrando crescimento consistente. Instalada em uma das unidades da empresa em São Bernardo do Campo (SP), a linha já opera em três turnos e com 95% da sua capacidade total de produção. Em sua participação na Expo Alumínio 2018 (de 3 a 5 de setembro no São Paulo Expo), a companhia aproveitará para informar ao mercado novos investimentos e a intenção de dobrar a capacidade produtiva em 2019.

    Os novos investimentos em equipamentos somam R$ 5 milhões e vêm se somar aos R$ 27 milhões aplicados na unidade desde 2017, quando entrou em operação. "Há um grande potencial para o alumínio por conta da versatilidade e variedade de aplicações que comporta. É um metal alternativo ao cobre para o setor de refrigeração; ao aço na indústria automobilística; e ao papel, plástico e vidro no setor de embalagem, apenas para citar alguns exemplos", explica Pedro Torina, diretor de Operações Industriais da Termomecanica.

    A produção de alumínio da Termomecanica atualmente está atendendo os segmentos GTD (Geração, Transmissão e Distribuição de energia) com barramentos elétricos para instalações residenciais, prediais, industriais e em projetos de maior porte; e o mercado de fabricação de tubos para refrigeração, condensadores, radiadores. Fora isso, a empresa também tem se beneficiado do processo de substituição das antenas analógicas pelas digitais, já que o alumínio é um dos componentes desses produtos.

    Para a TM, participar da Expo Alumínio é uma ótima oportunidade não só de mostrar sua expertise, mas de aprender também. "Somos conhecidos pela transformação de cobre, mas queremos mostrar que também somos especialistas nesse segmento do alumínio. Além disso, é uma ótima oportunidade em conhecer as pessoas interessadas e os materiais novos do mercado", conta Paulo Cezar Marins Pereira, superintendente de Vendas e Marketing da TM.

    Assim como acontece com o cobre, em futuro próximo, a TM também atenderá necessidades especiais dos clientes com a fabricação de ligas de alumínio mais complexas, de maior valor agregado e que, normalmente, não são foco dos fabricantes em nível mundial, o que criará boas oportunidades no mercado internacional, assim como localmente.


    Voltar