São Paulo, 23 de Maio de 2018

    Notícias

    Indústria automotiva entra em rota de crescimento

    (11/02/2018) - A indústria automobilística fechou janeiro com resultado positivo, “como já era esperado”, segundo a Anfavea, entidade que reúne os fabricantes do setor. De acordo com o balanço divulgado na semana passada, as vendas somaram 181,3 mil veículos, alta de 23,1% sobre as 147,2 mil unidades de comercializadas em janeiro de 2017.

    “O resultado de janeiro é muito bom e está dentro da nossa expectativa, pois a base de comparação do primeiro semestre de 2017 é baixa. Crescemos com maior intensidade no segundo semestre e essa tendência permaneceu em 2018, com um ritmo de média diária de vendas 23% superior ao do ano passado”, observou Antonio Megale, presidente da Anfavea. “Com a aprovação das reformas, aumento da confiança e um cenário macroeconômico estável, vamos manter a rota do crescimento”.

    O volume de vendas, porém, ficou abaixo do registrado no mês anterior (dezembro de 2017), quando foram vendidas 212,6 mil unidades, com recuo de 14,7%. Mas, para a entidade, essa queda é natural, “afinal o dezembro costuma ser um dos meses mais fortes no ano”.

    As exportações somaram 47 mil unidades em janeiro, com aumento de 23,6% frente as 38,5 mil do mesmo período de 2017 e queda de 23,1% em comparação com as 61,1 mil de dezembro.

    PRODUÇÃO EM ALTA - Já as 216,8 mil unidades fabricadas em janeiro representam crescimento tanto em relação tanto sobre as 174,1 mil de janeiro de 2017 (expansão de 24,6%), quanto em relação as 213,7 mil unidades de dezembro de 2017 (alta de 1,5%).

    CAMINHÕES E ÔNIBUS - No segmento de caminhões, a alta na produção foi ainda mais significativa, de 57,2% frente as 4,5 mil de janeiro de 2017 e baixa de 5,3% na análise com as 7,4 mil de dezembro. As vendas somaram 4,6 mil unidades, com aumento de 54,8% sobre as 2,9 mil unidades de janeiro do ano passado e diminuição de 24,9% se defrontado com as 6,1 mil de dezembro. As exportações cresceram 83,1% em janeiro: 1,9 mil produtos foram enviados para outros países no período ante 1,1 mil do primeiro mês de 2017. No comparativo com as 2,1 mil de dezembro a queda foi de 9,2%.

    A produção de chassis para ônibus subiu 70,1%: foram 1,8 mil unidades em janeiro deste ano contra 1,1 mil no mesmo mês de 2017. Sobre as 1,3 mil de dezembro, houve crescimento de 37,5%. As exportações no início deste ano somaram 539 unidades: aumento de 38,9% contra as 388 negociadas em janeiro de 2017 e diminuição de 32,6% sobre as 800 de dezembro.


    Voltar