São Paulo, 23 de Junho de 2018

    Notícias

    Tecnologia nacional na bola oficial da Copa de 2018


    (10/12/2017) - A bola oficial da Copa do Mundo de Futebol de 2018, a ser realizada na Rússia, a Telstar 18 da Adidas contém borracha ecologicamente correta, fabricada pela Arlanxeo na unidade do Rio Grande do Sul, a partir de etileno de base biológica extraído da cana de açúcar produzido pela Braskem.

    A borracha EPDM Keltan Eco é a primeira do mundo fabricada com etileno de base biológica extraído da cana de açúcar. Aplicada na camada de espuma, logo abaixo da superfície da bola, a borracha têm densidade, dureza, peso e elasticidade adequadas para amortecer os chutes. A bola feita com Keltan resiste às condições climáticas e foi testada em jogos do Real Madrid e Juventus e de seleções como Argentina e Colômbia, assim como em outras aplicações fora do esporte, como na indústria automobilística.

    “A sustentabilidade ecológica foi um critério essencial na seleção de produtos para a bola de futebol da Copa do Mundo. Queríamos criar a nova bola utilizando materiais de alta tecnologia que possuem características de alta performance e são sustentáveis”, disse Stefan Bichler, gerente de projetos de Operações de Futebol na Adidas AG. Graças à matéria-prima natural, a borracha Keltan Eco possui uma pegada de carbono significativamente mais baixa do que polímeros derivados de petróleo fóssil.

    A Telstar 18 foi inspirada na bola de mesmo nome utilizada no Mundial de 1970, no México, quando a seleção brasileira conquistou o tricampeonato. Na época, os pentágonos pretos e hexágonos brancos foram uma verdadeira revolução de design. Agora, a Adidas equipou a nova Telstar 18 com a mais recente tecnologia, um novo design de painel e uma estrutura de superfície otimizada. Além disso, a partir de um chip NFC embutido na bola, os fãs podem obter conteúdo personalizado através de smartphones e interagir com uma comunidade ao redor do mundo.

    A Keltan Eco é a primeira borracha EPDM comercial do mundo produzida de matéria-prima de base biológica. O etileno utilizado neste processo é derivado da cana de açúcar. Benefícios da Keltan Eco incluem: conteúdo de base biológica de até 70%, dependência reduzida de recursos fósseis e pegada de carbono reduzida. Desde o final de 2011, a Arlanxeo - empresa de origem holandesa - produz borracha EPDM de base biológica em sua planta de Triunfo, no Brasil. O etileno de base biológica é produzido pela Braskem, parceira da Arlanxeo, e flui diretamente por tubulações para a planta de EPDM.


    Voltar